terça-feira, 27 de maio de 2014

Fada Madrinha

Ola Sorrisos.
Hoje foi um dia de emoções para mim, despedir de pessoas importantes e especiais, não uma despedida para sempre, foi um até já. 
Existem pessoas que entram na nossa vida por algum motivo, umas para aprendermos como não devemos nunca ser, mas outras entram para completar os nossos dias com sorrisos e alegria.
A minha Querida Fada Madrinha, que entrou na minha vida,  ou mais eu que entrei na vida dela. A Querida São é daquelas pessoas que conhecemos um dia e que não queremos mais largar, a sua simpatia e alegria, são pedaços que absorvi para ser mais forte. Aprendi muitas vezes no seu silêncio como ser uma pessoa mais forte. Aprendi nas suas brincadeiras, que ser livre e alegre não tem preço. Recuperei aquela atitude espontânea que pensei ter perdido à uns anos atrás. 
Com ela partilhei muitas coisas, sorrisos principalmente, porque tudo com ela termina assim, com sorrisos. Diverti-me em todos os concertos e momentos, trabalhar foi sempre uma diversão e mesmo quando não foi em trabalho fomos felizes.
Espero por ti, para aquele almoço,  lanche, jantar, para aquele passeio por o nosso lindo Portugal.
São só mais umas horas de viagem, nada mais. Os 5 minutos de distância entre as nossas casas, só passaram a ser horas, nada mais.
Em breve encontramo-nos por aqui, por lá, por ali, sempre em qualquer lugar.
Beijinhos eternos e não é um Adeus, é simplesmente um Até Já. 
Hugs&Kisses
Priscila Cunha

Sem comentários: