quinta-feira, 7 de junho de 2018

Sessão 2018


 Quando pensamos em casamentos, a ideia é sempre fazer o melhor que podemos criando ou recriando tendências.
2018 era o ano que pedia inovação, apesar de ainda estar bem presente o estilo “Greenery” (utilização em grande parte de verdura) de 2017, a cor Pantone ia mais longe, e saía o Ultra Violeta, para mim um máximo, pois é a minha cor de eleição.
 Sei e fui ouvindo ao longo dos tempos, que é uma cor que se ama ou se odeia, alguns famosos têm estigmas em relação a esta cor, e não são fãs da mesma, até mesmo a apelidando de uma tonalidade fria com ligação à morte.
 Mas será que uma cor tão profunda seria só isso mesmo?
 Depois de contactar o Francisco Dias, fotógrafo de excelência português a viver em França, com um mix de estilo francês boémio, que estava à procura de profissionais do seu país de origem para desenvolver uma sessão fotográfica, eis que surge a oportunidade de colocar um plano já traçado em ação.
 Juntamente com outros profissionais na altura escolhidos por mim para participar desta aventura e que contribuíram com o seu talento, eis que surge, depois de vários planeamentos, o dia tão esperado.
 O local seria sempre no Norte/Centro do País, a ideia era fazer uma decoração Boho Chic com tendências contemporâneas, mas procurando sempre ter um toque clássico, como gosto de dizer um mix de estilos harmonioso que se adapta a vários gostos.
 As cores inicialmente, tendiam para outra mistura, mas após algumas conversas com o Francisco arriscámos e fomos mais longe, Violeta/lilás com tom pêssego e rosas e claro a verdura do momento que virou moda em Portugal, o eucalipto silver dollar, já usado por alguns países como os Estados Unidos há bastantes anos e também por alguns decoradores portugueses, mas que só agora começou a conquistar a maioria das noivas.
 O dia da sessão foi uma verdadeira aventura, corrida contra o tempo, à procura da melhor luz, tão necessária para que o Francisco mostrasse a sua mestria em fotografia valorizando o nosso trabalho.
 Desde as ruas históricas da Ribeira do Porto, à entrada em um bar cheio de estilo e luz profunda, a se arriscar sentar os noivos em cima de uma moto, que o dono fez questão de colocar a apitar devido à nossa ousadia, a uma tentativa de foto histórica com o elétrico do Porto, cujo condutora não foi muito prestável, mas que deu para umas boas gargalhadas, a uma ida até ao pântano onde eu entrava em desespero devido a pensar nas “queridas” cobras que lá poderiam andar, finalizando na praia do Senhor da Pedra, com um ambiente místico e envolvente.
 Foram as montagens de decoração mais rápidas da minha vida, e isso só foi possível porque de antemão existiu muita preparação por grande parte dos envolvidos.
 Até chegar a hora, muita coisa se altera, ideias, locais, estilos, mas ficamos com a plena certeza de que apesar de tudo o que possa ter sido menos bom, o resultado final está aí e as fotos falam por si e de tudo o que foi feito por todos.

Styling Ideias com Amor

Empresas envolvidas:
Diasporama, Francisco Dias, França (Fotógrafo)
Ideias com Amor, Priscila Cunha, Viseu (Decoradora)
Espiga Dourada, Ana Gomes, Mangualde (Cake Designer)
Bettas Cabeleireiros, Elisabete Merino, Viseu (Cabeleireira) e Cátia Gomes (Makeup e Nails Design)
Andiwonder, São João da Madeira (Sapatos)
Agradecimentos:
Modelos da sessão
Algodão Docinho, Sandra Gonçalves, Viseu (mesa da sessão)
Expressbiju, Alice, Viseu (cadeiras da decoração)

Sem comentários: